Análise fundamentalista – O que é e como usar?

Análise fundamentalista – O que é e como usar?

112
10
SHARE

Para quem está começando a investir na bolsa de valores sempre fica aquela dúvida. “Como eu devo escolher as empresas que eu comprarei ações?” Esta pergunta é feita por dez entre dez investidores iniciantes nas bolsas de valores.

Uma boa análise de ações lhe dará maior segurança na hora da compra e venda de ativos uma vez que baseado nos resultados das análises é possível se ter uma estimativa (as vezes nem sempre certeira) da situação da empresa em um espaço de tempo futuro.

Para se construir uma boa carteira de ações há diversas formas de se pensar, mas as duas escolas mais famosas de análise são as fundamentalistas e grafistas.

Hoje portanto falaremos da corrente de pensamento fundamentalista, e para isto responderemos algumas perguntas. Vamos à elas.

Análise Fundamentalista. O que é e como usar?

1- Quais os princípios da análise fundamentalista?

A análise fundamentalista é recomendada para quem pretende estimar uma situação no médio e longo prazo, pois diferente da grafista (que analisa pequenos movimentos de preço) a análise fundamentalista não prevê oscilações em curto prazo.

2- O que é levado em conta na análise fundamentalista?

Em poucas palavras, a análise fundamentalista foca na leitura dos fundamentos da empresa como o balanço patrimonial, o DRE (demonstrativo de resultado do exercício) da empresa, o setor que a empresa atua, a própria empresa no mercado e etc.. Nesta análise é avaliado também como anda a macro e microeconomia na qual a empresa está inserida.

3- Então o país da empresa pode afetar a minha análise?

Sim! Ao estudarmos uma empresa temos que avaliar também o risco que o país acrescenta nela. Por exemplo, ao comprar ações de uma empresa americana você terá que estar antenado como anda a situação econômica do país. Há o risco do país entrar em recessão? Se sim, a empresa que eu estou avaliando seria afetada pela crise? É necessário entender o cenário de que a empresa faz parte para se conhecer os reais riscos anexados junto às ações adquiridas.

4- Com a análise fundamentalista é possível saber se as ações de certa empresa estão caras, baratas ou com o preço justo?

É possível sim! A análise fundamentalista nos dá instrumentos para que possamos avaliar seu valor sendo este comparado com outras empresas do mesmo porte/setor.

5- Para quem é recomendado a análise fundamentalista?

Eu recomendo a análise fundamentalista para quem está começando a investir por ela ser uma análise mais fácil do que a grafista. Para quem ainda não tem experiência no mercado e não sabe interpretar os gráficos, os números e os movimentos de preços das ações é muito mais fácil entender a análise fundamentalista até por conta de que a maioria das pessoas que começam a investir, geralmente vão atrás de empresas das quais ela conhece.

Parafraseando o maior investidor do mundo, Warren Buffett disse:

“Compre apenas o que você conservaria sem pestanejar se o mercado fechasse por 10 anos.”

Ou seja, compre ações de empresas que você acredita que mesmo com o mercado financeiro fechado, estas empresas não perderiam seu valor e prestígio.

Ficou interessado em como aprender e fazer as suas próprias análises? Então clique no botão acima e baixe gratuitamente o seu exemplar do nosso Guia Prático de Análise de Investimentos.

Então é isso. Fique atento as ações que você pretende comprar e sempre as estude muito.

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos! Até a próxima!

10 COMMENTS

  1. Hi there, I discovered your internet website through Google at the identical time as searching for a comparable subject, your site came up, it appears very good. I have bookmarked it in my google bookmarks.

Deixe uma resposta