Banco Central – O que é e o que faz?

Banco Central – O que é e o que faz?

Compartilhe

Neste artigo nós vamos falar sobre a instituição no Brasil que é o braço forte de todas as instituições financeiras do país, o órgão que tem por missão manter a estabilidade, a solidez e a eficiência do nosso sistema financeiro nacional.

Nós estamos falando é claro do Banco Central, ou também como é conhecido BACEN (sigla de BAnco CENtral, ou então apenas BC.

E o que é o Banco Central?

O BC (Banco Central) é um órgão independente, porém intimamente ligado ao governo então presume-se que quando há esta relação de simbiose as ações de um afetam diretamente no resultado do outro.

Diferentemente dos bancos abertos ao público, o BC não é um banco aonde você possa ir abrir uma conta, pedir um empréstimo ou comprar um seguro, pois o BC tem como papel a fiscalização e regulamentação das instituições financeiras, por assim dizer, ele seria algo como o banco dos bancos.

E o que faz o Banco Central?

O BC tem uma série de atividades que servem como instrumentos para auxiliar o governo a por nos trilhos a economia brasileira. Destacando algumas das principais funções do Banco Central, nós temos:

  • O controle da taxa de juros
  • O controle da taxa de câmbio
  • Controlar os depósitos compulsórios
  • Fiscalização das instituições financeiras; e
  • Emissão de moeda

Este último item podemos destacar como sendo o mais importante em nossa opinião.

Por quê? Bem, por ter a responsabilidade da emissão da moeda nacional, o BC está diretamente ligado à prosperidade ou as crises de um país. Tempos atrás quando o nosso país sofria de uma inflação descontrolada o BC emitia moeda na tentativa de controlar ela, porém em tempos de instabilidade econômica o BC patinou em algumas decisões de emissão exagerada de moeda.

Já com o plano real a estabilidade da economia se acertou, o BC com mais autonomia ganhou credibilidade tendo maior controle inflacionário forçando o governo a reaver e controlar seus gastos uma vez que não poderia mais emitir moeda a seu gosto para se financiar.

“E depósitos compulsórios, o que é isto?”

Imagine a seguinte situação:

José vai ao banco e deposita R$100,00 em sua conta poupança para ter uma reserva e o banco agora possui esta quantia para poder emprestar para outros clientes. Pedro está em dificuldades e vai ao banco pedir um empréstimo de R$100,00 e o deposita em conta para utilizar mais tarde.

Pense, quando José tinha cem reais, os depositou no banco e o banco repassou este valor o dinheiro foi multiplicado. Como? José possui cem reais a sua disposição na poupança para sacar quando necessitar enquanto Pedro também possui cem reais em sua conta corrente para utilização sendo que ambos possuem o mesmo valor à disposição quando antes somente um o possuía. Esta multiplicação quando sem controle faz a inflação saltar a patamares excessivos.

(Nós temos um artigo completo sobre multiplicação bancária. Clique aqui para ler).

Por isso entra a ação do depósito compulsório, ou seja, quando um banco recebe um depósito ele é obrigado a repassar parte deste depósito ao BC para assim o banco que estiver captando e repassando recursos não comprometa o dinheiro dos depositantes, então restringindo o crescimento de dinheiro fiduciário (dinheiro baseado na confiança de um banco possuir esta quantia).

Então é isso! Agora você conhece quem é o banco dos bancos, suas funções e atividades.

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos! Até a próxima.

13 Comentários

  1. Olá, Denis
    Sobre o trecho abaixo…

    “Por isso entra a ação do depósito compulsório, ou seja, quando um banco recebe um depósito ele é obrigado a repassar parte deste depósito ao BC para assim o banco que estiver captando e repassando recursos não comprometa o dinheiro dos depositantes,…”

    Por que o banco tem que repassar parte do dinheiro ao BC? Não entendi…
    Teria a ver com inflação, por exemplo??

    Grato!

    • João, o banco repassa parte do depósito ao BC afim de que ele não empreste, invista, negocie todo o dinheiro depositado no mercado. Por exemplo, você deixa 100 reais no banco e ele investe 50 e empresta 50. Se você resolve retirar estes 100 reais no dia seguinte o banco pode não ter esta quantia reservada para te devolver. Por isto uma parcela fica no BC, pois se muitos clientes resolveram sacar seus valores o banco possui esta quantia (ou parte dela) para realizar a devolução.

  2. […] Banco central: é o órgão que tem por missão manter a estabilidade, a solidez e a eficiência do nosso sistema financeiro. O BC tem como papel a fiscalização e regulamentação das instituições financeiras, por assim dizer, ele seria algo como o banco dos bancos. […]

Deixe uma resposta