Brics – O que é? Para que serve? Quais países fazem parte?

Brics – O que é? Para que serve? Quais países fazem parte?

154
3
SHARE

No mundo empresarial é comum nós vermos empresas que se juntam para se tornar algo maior através de fusões e incorporações.  Nós vemos, também, pessoas, cidades e até países inteiros unindo forças para poderem crescer mais rápido e forte.

Aqui no site nós já estudamos os blocos econômicos, que são países que se uniram economicamente para formar uma grande potência em determinado quesito. Blocos econômicos são constituídos através de milhares de negociações, planos e projetos para que no fim se chegue a um acordo que agrade e favoreça a todos.

(Clique aqui e descubra como os blocos econômicos são formados).

Mas e quando um bloco de países se forma naturalmente, sem nenhuma negociação ou planos? Às vezes alguns países por conta de características em comum acabam se conectando e formam um grupo econômico de forma natural. Esse é o caso dos Brics.

B.R.I.C.S

Brazil, Russia, India, China e South Africa (África do Sul).

Estes cinco países são a formação de um grupo político e econômico de cooperação. A característica básica que uniu estes países foi sua classificação como emergentes, ou seja, suas economias passaram por crescimentos rápidos e seu desenvolvimento industrial, tecnológico dentre outros sofreram diversas mudanças em curtos espaços de tempo.

O termo Brics (inicialmente Bric) foi idealizado por Jim O’Neil, economista que desenvolveu este termo em 2001 quando chefe em economia global do banco internacional Goldman Sachs.

Até o ano de 2006 o termo era somente utilizado por economistas para determinar o grupo dos países que haviam apresentado características comuns à época. Foi quando a partir deste ano que os países envolvidos resolveram formalizar em caráter diplomático a aceitação do termo e iniciar uma série de planos para os envolvidos no grupo.

A princípio o grupo era formado somente pelo Brasil, Rússia, Índia e China (Bric) por ser, segundo o estudo de Jim, estes os países que se caracterizavam em rápida ascensão econômica. A África do Sul foi convidada pelos países do grupo a se juntar a eles somente em 2010.

No estudo realizado por Jim (2001) sua expectativa era de que os países do Brics apresentassem uma robustez econômica que os levariam a superar as grandes potências econômicas atuais num prazo de até cinquenta anos.

Desde então os países membros vem destoando no que tange o desenvolvimento econômico mundial quando estes tem apresentado um crescimento maior do que países com economias desenvolvidas.

Entre os anos de 2003 e 2007 o Brics representou cerca de 65% do crescimento global do PIB e atingiu 9% do total de todo o PIB mundial. Em 2009 esta porcentagem subiu para cerca de 14% em 2010 totalizou 18% da economia mundial e hoje está próximo dos 21%.

Brics hoje…

Hoje com a economia mundial em um momento de manutenção o crescimento do Brics tem sido afetado uma vez que estes são dependentes de economias mais fortes como a dos EUA e dos países da Europa.

Muito se espera ainda destes países e há a crença que num futuro próximo o ranking das maiores economias mundiais possa estar com os membros do grupo ocupando as primeiras colocações.

Os países membros têm realizado diversos esforços para formalizar e fortificar no que diz respeito à cooperação econômica e política. Em março de 2013 na V Cúpula do Brics os integrantes decidiram pela criação de um banco interno do grupo que fomente investimentos e desenvolva as economias participantes.

O objetivo deste banco é fomentar investimentos nas áreas de infraestrutura. O capital inicial deste será de US$ 50 bilhões, que podem ser utilizados pelos membros do grupo ou em forma de empréstimos à terceiros.

(Conheça o BNDES, o Bando de Desenvolvimento do Brasil).

Então é isso. Agora você já conhece uma das maiores promessas econômicas de nosso tempo: os BRICS.

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima!

SHARE
Previous articleIbovespa - O índice da Bolsa de valores.
Next articleComo Investir e Como ganhar dinheiro com investimentos?
Graduado em Ciências Contábeis, possui MBA em Investment Banking e está agora iniciando seu mestrado em economia. Atualmente trabalha no mercado financeiro e escreve os blogs com o objetivo de ajudar as pessoas a conhecerem um pouco mais acerca do mundo econômico, contábil e administrativo e sobre tudo o que isto implica.

3 COMMENTS

  1. Ok, ouve falar muito em bem estar da populaçãa o ,mas no Brasil tem um monstro de sete garras que ´starecedor que é tal tal de taxa de juros exarcebados e as autoridades finge que não conhece pois são patrocinados pelos banqueiros para contribuir que esta taxa ealta para cada vez o trabalhador viver em uma situação de miseria total é o apice dos governantes Brasileiros em manter cada vez o trabalhador no fundo do poço.E os banqueiros ficando mais ricos por conta do aumento da miseria de quem trabalha.É umairresponsabilidade
    por parte dos governantes. A taxa de juros nelste pais é de 12% a.a ,ou 1% ao mês está no art.406 da lei nº 10.406/ 2002 código civi. e porquê não colocar ela em prática ,fazendo da lei um ato simbolico e as atrocidades dos banqueiros um ato concreto com juros altissimos do jeito que ditam. .

Deixe uma resposta