Ibovespa – O índice da Bolsa de valores.

Ibovespa – O índice da Bolsa de valores.

274
5
SHARE

Para quem é novato no assunto e está buscando um modo de investir o seu dinheiro fatalmente vai chegar ao tema “Bolsa de valores”.

Você então provavelmente encontrará diversos sites que tratam do assunto, que possuem a cotação do preço das ações e que te mostram o balanço de diversas empresas e, também, uma outra coisa que você encontrará na maioria dos jornais é um indicador que sempre demonstra um gráfico do lado, o Ibovespa.

“O Ibovespa caiu, o Ibovespa subiu”. Esta é uma frase que é diariamente manchete na maioria dos jornais que tratam de economia. Mas o que implica sua queda? Minhas ações se beneficiam quando o índice sobe? Como saber se estou ganhando ou perdendo? Estas e outras dúvidas serão respondidas aqui, neste artigo.

Índice Bovespa, o Ibovespa.

Bom, antes de tudo vamos deixar claro o que é um índice. Parafraseando meu dicionário podemos definir índice como:

Índice: indicador, que denota qualidade, referência, número para indicar magnitude.”

O índice na bolsa de valores é um indicador numérico que serve como referência para medir a evolução do desempenho das cotações negociadas na Bovespa.

(Clique aqui e descubra mais sobre a bolsa de valores de São Paulo, a Bovespa).

A Bovespa atualmente possui cerca de 500 empresas listadas que possuem suas ações à disposição dos investidores para que estes possam negociá-las.

Como medir o desempenho de todas as empresas listadas na bolsa de valores daria muito trabalho e não teria valor informativo relevante, o Ibovespa seleciona algumas destas empresas para usar como referencial de desempenho do mercado como um todo.

Mas por que calcular o desempenho de todas as ações não é relevante?

Pense comigo, há empresas que são negociadas diariamente em enormes quantidades e empresas menores que possuem negociações de tempos em tempos. Seguindo a regra da oferta x demanda quanto mais a ação de uma empresa for negociada e requisitada mais sua cotação tem probabilidades de subir seu valor e assim elevar o índice.

E aquela empresa que quase não possui negociação? Sua cotação pode ficar por dias estagnada e assim ela influenciaria negativamente na mensuração do índice.

Com a explicação acima já deu para se ter uma ideia do que é levado em conta na hora de uma empresa participar do Ibovespa.

Composição do índice

Para quem pensou em quantidade de negociação acertou. Uma ação entra ou sai do Ibovespa baseado na sua liquidez, ou seja, no volume de negociação que esta ação possuiu ao longo dos dias.

Quanto mais negociações a ação de uma empresa tiver mais chances de compor o Ibovespa ela possui, indiferente de quando foi seu IPO (termo inglês para abertura de capital no mercado). O Ibovespa possui hoje aproximadamente 60 empresas que compõem seu índice e representa mais de 80% de todo o volume negociado diariamente.

Outros quesitos a serem cumpridos para que a ação faça parte do índice são:
  • Ter sido negociada em pelo menos 95% do total de pregões das três últimas carteiras anteriores.
  • Ter volume negociado acima de 0,1% do total de negociações.
  • Não ser classificada como “penny stock” (ações com valores abaixo de R$ 1,00).

Caso a empresa descumpra pelo menos dois quesitos necessários ela poderá, também, ser excluída do índice.

Alteração da carteira.

A carteira Ibovespa é reavaliada a cada quatro meses para que esta não perca sua validade e confiabilidade perante os investidores. Nessa reavaliação todas as empresas do mercado passam pela análise para se saber qual empresa vai entrar, se manter ou sair do Ibovespa.

Para não prejudicar os investidores a Bovespa divulga listas com uma prévia da formação da nova carteira para não haver corre-corre na venda ou compra de ações que ganharam ou perderam posições no índice. Estas prévias vêm ao conhecimento do público quando faltam 30, depois 15 e finalmente 1 dia para a divulgação da nova carteira.

Abaixo ficam alguns links uteis para vocês:

Atual carteira do Ibovespaclique aqui.

Metodologia completa do Ibovespaclique aqui.

Como funcionam os pontos Ibovespa: clique aqui.

Então é isto, agora que você já conhece o Ibovespa e sabe de sua importância, bons investimentos!

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima!

5 COMMENTS

  1. […] Após muitos anos de operação as bolsas alcançaram um tamanho imenso de negociações, o que levou as bolsas se desvincularem do governo se tornando independentes e tendo autonomia administrativa. Foi quando em 1967 que a bolsa de São Paulo recebeu o nome pela qual a conhecemos hoje, BOVESPA, e em 1968 foi lançado o índice que baliza as principais ações presentes na bolsa, o IBOVESPA. […]

    • Olá Saulo,

      Para falar a verdade, não existe essa média que você questionou. Cada ação possui um valor de acordo com o que os investidores acreditam que ela vale, então não é possível dizer que uma ação que vale $10,00 é melhor do que uma que vale $7,00.

Deixe uma resposta