Piramide de Maslow – Abraham Maslow

Piramide de Maslow – Abraham Maslow

214
10
SHARE

Aqui no site já citamos uma ou duas vezes a teoria das necessidades de Maslow em diversos artigos e, isto é claro, gerou algumas dúvidas nas cabeças dos leitores sobre quem seria Abraham Maslow e qual era a sua teoria.

Para sanar tais dúvidas, elaboramos um artigo completo que você pode acompanhar abaixo:

Abraham Maslow – O Autor.

O autor desta teoria, Abraham Maslow era um psicólogo americano que viveu entre as décadas de 1910 e 1970. Focado em psicologia humanista fundamentou a teoria da pirâmide das necessidades, uma de suas teorias mais famosas.

Apesar de diversos trabalhos na área da psicologia, seu principal estudo que ficou mundialmente conhecido é o da classificação das necessidades humanas em uma pirâmide hierárquica.

Teoria da pirâmide das necessidades – Piramide de Maslow.

A teoria de Maslow nos mostra como o ser humano satisfaz suas necessidades através de uma hierarquia desenhada em uma pirâmide. Imagem

Começamos todos com necessidades básicas, como comer, dormir, respirar e etc. Quando satisfazemos uma necessidade automaticamente tendemos a ter outras necessidades, e por assim vai até alcançarmos o topo da pirâmide. Veja abaixo a explicação de como reagimos em cada etapa da necessidade:

a) Necessidades básicas: são as necessidades que todo ser humano possui como fome, sono, frio, sede. Se não saciarmos estas necessidades temos um desconforto e isto nos impedirá de tal forma que não teremos outros anseios e não evoluiremos em nossas necessidades.

b) Necessidades de segurança: esta necessidade está relacionada ao nosso bem estar. Precisamos da segurança de um lar, segurança pessoal e financeira para nos sentirmos bem. O ser humano tem a tendência natural de querer se sentir protegido e resguardar sua vida.

c) Necessidades sociais: sentir se aceito em um grupo é o que a maior parte dos seres humanos deseja. Temos a necessidade de contato e interação social e isto engloba desde ao relacionamento no trabalho até um relacionamento amoroso e intimidade sexual.

d) Necessidade de estima: ser respeitado, reconhecido e bem recebido. Esta necessidade está ligada ao fato dos outros reconhecerem nossa capacidade frente ao que realizamos.

e) Necessidade de realização: a última etapa das necessidades humanas, a auto realização remete ao indivíduo estar satisfeito com seu posto alcançado e com a vida que leva. É a necessidade do auto contentamento.

Estas características possuem, segundo Maslow, uma ordem de ocorrência. Um indivíduo que atinge pleno contentamento com uma necessidade passa diretamente para a próxima.

Alguns estudiosos, porém, dizem que esta teoria é falha quando afirmam que dependendo do nível social de vida que uma pessoa leva, as necessidades podem ser fixadas somente nas bases, ou que a ordem das necessidades foge do modelo proposto por Maslow.

Independente da teoria, Maslow nos mostrou que o ser humano possui grupos interligados de necessidades e que tomamos decisões baseadas no momento em que estamos em cada etapa da necessidade. Por exemplo, uma pessoa que satisfaz suas necessidades básicas, já possui uma estabilidade no emprego e é aceito na sociedade claramente irá buscar uma posição de reconhecimento e estima.

Cabe às empresas entenderem o conceito de consumo por necessidade e aplicar sua estratégia em cada uma das situações.

Para maior conhecimento de Maslow recomendo buscar em livros de marketing que abordam este tema.

Então é isto.

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima!

SHARE
Previous articleMicroeconomia - O estudo do individual.
Next articleCrise Financeira - O que é? Como se prevenir?
Graduado em Ciências Contábeis, possui MBA em Investment Banking e está agora iniciando seu mestrado em economia. Atualmente trabalha no mercado financeiro e escreve os blogs com o objetivo de ajudar as pessoas a conhecerem um pouco mais acerca do mundo econômico, contábil e administrativo e sobre tudo o que isto implica.

10 COMMENTS

    • Fico feliz que tenha gostado! Continue acompanhando os sites para sempre aprender mais e nos ajude a espalhar o conteúdo… quanto mais pessoas informadas melhor para nosso país!!

      Abraços.

Deixe uma resposta