Simulador Bovespa – Como investir e praticar?

Simulador Bovespa – Como investir e praticar?

Compartilhe

Outro dia um amigo meu virou e disse: “Queria tanto aprender a investir na bolsa de valores, mas com o que eu ganho hoje nem penso em me arriscar”.

Esse é o dilema de milhares de pequenos investidores que pensam em dar o grande próximo passo de entrar na renda variável e no mercado de ações, porém possuem um medo enorme de falharem e perder tudo o que tem.

Nesse vai-não-vai fica o eterno paradigma “Eu não conheço porque não entro na bolsa, não entro na bolsa porque não conheço”.

Como uma luz no fim do túnel, existem os simuladores Bovespa de mercado de ações que são como um home broker de uma corretora de investimento real, aonde você pode aplicar dinheiro fictício e experimentar estratégias de investimentos.

Simulador Bovespa, arriscar, falhar e aprender.

Nos simuladores de bolsa de valores, o participante se cadastra e recebe um valor em dinheiro fictício para poder testar suas estratégias no mercado de ações como se estivesse comprando e vendendo ações de empresas reais.

Como se trata de um simulador, a maioria destes possui um sistema de delay de cotações das ações, ou seja, os preços das ações que são negociados no sistema do simulador possui um atraso de quinze minutos aos valores reais, bem como o índice Ibovespa.

A maioria dos simuladores possui um modelo bem parecido com o que o investidor encontraria se estivesse na bolsa de valores real, como cobrança de taxas de administração, emolumentos nas transações, taxas de corretagem e etc.

O jogador ainda pode aprender a mexer em sistemas de stop loss e stop gain, que são travas de compra e venda de ações que são acionadas caso o a cotação de uma ação atinja um determinado valor. No stop loss, o jogador define uma quantidade máxima de perda que está disposto a correr. Por exemplo, ele compra uma ação a R$ 10,00 e determina que caso seu preço chegue a R$ 8,00 ela deve ser vendida automaticamente para travar seu prejuízo de no máximo dois reais. Já no stop gain, o sistema entende que, caso a cotação da ação chegue a um valor estipulado ele deve vender automaticamente, como no exemplo da ação a R$ 10,00 chegando a R$ 16,00.

Veja abaixo alguns simuladores que recomendamos a quem quer aprender a negociar na bolsa de valores:

Folhainvest:

Resumo: O simulador da Folha de São Paulo apresenta um layout um pouco mais simples de um home broker, porém de fácil entendimento para aqueles que nunca tiveram contato com nenhum tipo de negociação em bolsa. Com um sistema fácil para a compra e venda de ações, o jogador começa com cerca de R$ 200.000,00 e uma carteira de ações montada para começar a investir.

Ranking: Possui ranking próprio com a divisão entre ranking nacional, regional, entre homens, mulheres, estudantes dentre outros.

Grupo de investidores: tem a possibilidade da criação de grupo de investidores para que vários jogadores dividam suas experiências. Há também um ranking para os melhores grupos.

Ferramentas: Stop loss, stop gain, gráfico com rentabilidade de patrimônio, acompanhamento da carteira.

Cotações: Delay de 15 minutos.

Site: http://folhainvest.folha.com.br/

UOLinvest

Resumo: O simulador da UOL possui um layout bem parecido com o da Folhainvest aonde o jogador experimenta um sistema de negociação de ações. Neste o jogador também começa com cerca de R$ 200.000,00 mais uma carteira de ações montada para começar a investir.

Ranking: Possui ranking próprio com a divisão entre ranking nacional, regional, entre homens, mulheres, estudantes dentre outros.

Grupo de investidores: tem a possibilidade da criação de grupo de investidores para que vários jogadores dividam suas experiências. Há também um ranking par aos melhores grupos.

Ferramentas: Stop loss, stop gain, gráfico com rentabilidade de patrimônio, acompanhamento da carteira.

Cotações: Delay de 15 minutos.

Site: http://uolinvest.economia.uol.com.br/

Simulabolsa

Resumo: Com um sistema um pouco menos sofisticado que os outros dois simuladores, o Simulabolsa ganha no item personalização. Com este simulador você pode escolher o quanto quer ter de dinheiro disponível, bem como pode zerar sua carteira inúmeras vezes para praticar novas estratégias. Ele também possui uma aba chamada “Aprenda” que mostra passo a passo como investir e proceder na bolsa de valores.

Ranking: Não possui ranking.

Grupo de investidores: Não possui.

Ferramentas: Stop loss, stop gain, gráfico com rentabilidade de patrimônio, acompanhamento da carteira.

Cotações: Delay de 15 minutos.

Site: http://www.simulabolsa.com.br/login.php

Jogo é jogo, treino é treino.

Para todos que vão experimentar os simuladores eu indico muita cautela!

Ir bem em um simulador é um ótimo sinal de que você aprendeu o espírito do mercado de ações, entretanto, lembramos que por ser um simulador algumas pessoas tendem a se arriscar mais e consequentemente ganhar mais.

Como o dinheiro não é de verdade, tampouco o prejuízo, muitos jogadores tendem a se arriscar mais do que o fariam se estivesse utilizando capital real. Sendo assim, se você conseguiu grandes retornos sobre suas ações nos simuladores, comece a estudar o mercado de ações e as ações que você utiliza no sistema de treino para iniciar seus investimentos no mundo real!

Dica bônus:

Como dica bônus, eu deixo para vocês uma ferramenta online perfeita para o pequeno investidor que está começando a acompanhar ações.

O site www.fundamentus.com.br é um sistema que registra milhares de informações de praticamente todos os ativos negociados na BM&F Bovespa como preço das ações, histórico de cotações, informações patrimoniais e etc. E o melhor, esse site disponibiliza tudo de forma gratuita!

Aproveite esta dica!!!

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima!

1 COMENTÁRIO

Deixe uma resposta