TERRA, TRABALHO E CAPITAL.

Tempo de leitura: 4 minutos

Para exemplificar o estudo de economia muitos estudiosos se fazem do uso do bordão “a economia é a ciência que estuda a escassez das coisas”. Mas efetivamente falando, como podemos explicar a frase dita acima?

Um bom modo de abordarmos este assunto é tentando relacioná-lo com o nosso dia a dia. Vejamos:

Nós já estudamos que a vontade do ser humano é infinita. Sempre estamos querendo algo a mais do que temos no momento, isso é natural…isso é humano. Bom, sabemos também que as coisas tangíveis em nosso planeta são finitas, ou seja, são escassas.

A pergunta que fica no ar é: “Como uma vontade infinita pode ser preenchida com um número finito de coisas?” ou “Como um número finito de produtos contentam uma vontade infinita por eles?”

Se nós estamos sempre querendo uma coisa e às vezes muitas pessoas querendo as mesmas coisas, como as indústrias podem produzir bens suficientes para todos nós?

Não podem!

É por isso que em economia se estuda as máximas:

  • O que produzir?
  • Como produzir?
  • Para quem produzir?

Estás três perguntas são o que fazem cada empresa escolher o seu público alvo, seus produtos a serem produzidos e seus métodos para alcançar estes.

Esta situação de escassez não é vista somente com produtores de bens, nós mesmos vivemos algo parecido todos os meses. Nós recebemos um valor mensal por termos trabalhado durante todo o mês e essa renda é quem nos sustenta.

Se tivermos um conjunto de gastos menor do que nossa renda podemos viver confortavelmente, porém se nossos gastos (e as vezes nossa vontade de consumir) forem maiores que a renda teremos uma situação deficitária, ou seja, iremos gastar mais do que possuímos.

Mas uma vez respondida estas três perguntas, quais os fatores de produção de uma empresa?

A resposta a esta pergunta envolve milhares de variáveis que podem ser aplicadas não só a empresas, mas também as pessoas. Para a maioria dos economistas existem três grandes fatores de produção na sociedade:

1-    Recursos naturais (Terra):

Podem ser considerados recursos naturais todos aqueles que vierem da natureza e puderem ser incorporados em atividades econômicas. Os recursos naturais podem variar em quantidade e qualidade para cada país e também podem ser mensurados pela extração deles (por exemplo o petróleo que em países mais tecnológicos é extraído de forma mais rápida, barata e eficiente).

2-    Mão de obra (Trabalho):

A mão de obra considerada como fator de produção restringe se somente a População Economicamente Ativa (PEA) pois é ela que tem a capacidade de transformar a matéria prima (Recursos naturais) em produtos acabados.

3-    Capital:

Este é o fator de produção que mais qualifica ou melhora o resultado do bem final. Diferente do uso comum para a palavra capital (utilizada como quantia de dinheiro), quando se fala no fator de produção Capital estamos falando do conjunto de estruturas que a sociedade dispõem para a produção de fato. Máquinas, prédios e equipamentos podem ser considerados capital.

Estes três principais pontos em conjunto formam o sistema econômico produtivo e são quem dão o norte para qualquer empresa.

Mas na prática, esses fatores levam a produção perfeita?

Na prática são poucos os países que desfrutam dos três benefícios em grandes quantidades para que se possa produzir o melhor produto, da melhor maneira e para o melhor público alvo.

Alguns países possuem déficits de um destes três fatores e por isso se especializam em um setor da economia que são favorecidos.

Adam Smith nos disse que quando um país possui uma vantagem competitiva natural sobre outros, este deve se especializar no produto que possui tais vantagens e assim conseguir maiores lucros e poder de barganha.

Hoje sabemos que não é possível um país produzir apenas um produto pois a população depende de diversos bens que mesmo que custosos são necessários ao bem estar social, porém muitos países ainda seguem a risca a filosofia de Smith e focam seus esforços na produção de certo bem.

Então é isso, se você está pensando em abrir uma empresa já conhece quais são os pontos a serem analisados na hora de se investir na produção.

Para saber mais sobre como os fatores de produção interagem clique no link abaixo:

Fluxo circular da riqueza.

E para entender o que move a vontade dos seres humanos sobre recursos escassos na economia veja o link:

Elasticidade da Oferta x Demanda.

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima!

17 Comentários





  1. Em uma aula de economia, a professora disse que existiam 4 questões fundamentais…falou estas que você disse mas também a questão “quanto produzir”. Isto esta correto?

    Abraços, amei seu blog!

    Responder

    1. Olá Jéssika! Obrigado por acompanhar o blog.

      Sobre a sua pergunta, muitos economistas divergem sobre as questões fundamentais da economia, podendo variar de livro para livro tendo três ou quatro questões.

      Eu, quando estudava economia, aprendi que as três básicas são:a) O que? b) Como? c) Para quem?

      No entanto, a quarta questão “Quanto” não estaria incorreta, podendo sim ser considerada uma questão básica da economia!

      Espero ter ajudado! Um grande abraço.

      Responder

  2. Olá,bom dia.Muito interessante o assunto,bem explicado parabéns professor.

    Responder

  3. em economia fatores de prodção são elementos indispensaveis ao processo produtivo

    Responder

  4. Oi gente!

    Quero saber quais são os três fatores de produção na atividade agropecuária. Depois se vocês souberem quero a explicação desses três, por favor.

    Responder

    1. Oi Biel, tudo certo?

      A teoria dos fatores (terra, trabalho e capital) são aplicados a todas as atividades, incluso a agropecuária.

      No nosso entendimento você pode aplicar ela nos seus estudos tranquilamente, ao menos que você esteja com alguma dúvida específica…

      Qualquer coisa só falar!!! Abraços.

      Responder

    2. Se os principais Fatores de Produção da Economia são a Terra o Capital e o Trabalho, e esses são os elementos básicos da Produção Agrícola e do Agronegócio, porque conhecemos tão pouco esses fatores?

      Poderia me responder essa pergunta

      Responder

  5. Se o Brasil criasse um programa de natalidade reduzindo número de filhos por família,qual vantagem e desvantagem traria para economia brasileira baseando-se nos fatores terra, capital e trabalho.

    Responder

  6. Como podemos nos apropriar dos conceitos relacionados aos Agentes Econômicos, a alterações nas relações entre a Oferta e a Demanda de bens e serviços, sujeito à decisões de Curto e Médio prazos, num ambiente regulado por Políticas Macroeconômicas e de Políticas Regionais de Desenvolvimento?

    Responder

Deixe uma resposta