Meios de pagamentos – Quais são? Para que servem?

Meios de pagamentos – Quais são? Para que servem?

356
9
SHARE

Em outro artigo nós já conversamos sobre o que é uma moeda, sua função, características e utilidades. Mas se você parar para pensar… como classificamos os diversos tipos de moedas?

Ué, existem diversos tipos de moedas?

Claro que sim amigo leitor. Nós não podemos dizer que uma cédula de papel tem a mesma classificação de que uma debênture (título de dívida). Para sanar estas dúvidas vamos então abordar este tema no artigo de hoje:

Meios de pagamentos.

M1

O primeiro meio de pagamento é o M1, que por definição compreende dois tipos principais de moeda:

  • Papel moeda em poder do público
  • Depósitos à vista

O papel moeda em poder do público é o dinheiro emitido pelo Banco Central menos as reservas bancárias, ou seja, aquelas que ficam nos caixas dos bancos. Já os depósitos a vista são realizados nos Bancos comerciais¸ que são os únicos autorizados pelo BC a receber este tipo de depósito.

Bancos comerciais são instituições financeiras (privadas ou públicas) que objetivam o financiamento de curto e médio prazo das empresas que movem a economia de um país (indústria, comércio, serviços).

Ele também pode emprestar dinheiro para pessoas físicas tal como servir de conta corrente para elas e ainda oferecer investimentos básicos, como a poupança.

Como dito em outro artigo (clique aqui) os bancos devem guardar uma parte dos depósitos captados junto aos clientes e emprestar o outro. A diferença entre os juros de captação de dinheiro e o repasse nos empréstimos é chamado de spread.

M2

Diferente do M1 que é considerado um meio de pagamento restrito, o M2 é um meio de pagamento ampliado. Sua composição corresponde a quatro componentes:

  • O M1
  • Depósitos especiais remunerados
  • Depósitos de poupança
  • Títulos emitidos

No M2, encontram-se os depósitos a prazo, ou seja, depósitos com propósitos específicos de investimento com o objetivo de retorno financeiro. O M2 compreende depósitos para investimentos, fundos de aplicações financeiras e fundos de renda fixa de curto prazo.

Em geral, os componentes do M2 possuem alta liquidez e são realizadas no mercado interno por instituições depositárias (realizam multiplicação de crédito, como os bancos comerciais).

M3

O M3, assim como o seu meio anterior compreende seus antecessores somados a uma característica própria, sendo composto por:

  • M1
  • M2
  • Quotas de fundos de renda fixa
  • Operações compromissadas na SELIC.

As quotas de fundos de renda fixa são participações que os investidores podem adquirir para se beneficiar dos rendimentos de um fundo de investimentos, neste caso, em investimentos de renda fixa.

Já as operações compromissadas na SELIC são operações interbancárias na qual os bancos realizam empréstimos de dinheiro por 1 dia. O banco X empresta para o banco Y uma quantia de dinheiro. Como garantia de crédito, o banco Y dá ao banco X diversos títulos públicos para compor o valor do empréstimo, porém o banco Y se compromete a recomprar estes títulos públicos no início do próximo dia. Esse movimento interbancário é conhecido como operação compromissada e são registradas na SELIC.

Mas Denis, por que os bancos realizam estas operações?

Simples, ao fim do dia cada banco tem que ter uma certa quantia de dinheiro no caixa. Quando um banco tem dinheiro faltando no seu caixa, ele solicita aos outros bancos que tem dinheiro sobrando um empréstimo para compor sua cota.

M4

Por fim, porém não menos importante, o M4 é a soma de todos os meios anteriores mais os títulos públicos de alta liquidez.

Então é isto. Na próxima vez que você ler os comunicados do BC sobre os meios de pagamento já estará com este assunto na ponta da língua.

Se gostou não deixe de compartilhar com os amigos!

Até a próxima!

SHARE
Previous articleAmérica latina, México.
Next articleFundos de investimentos - O que são? Como escolher?
Graduado em Ciências Contábeis, possui MBA em Investment Banking e está agora iniciando seu mestrado em economia. Atualmente trabalha no mercado financeiro e escreve os blogs com o objetivo de ajudar as pessoas a conhecerem um pouco mais acerca do mundo econômico, contábil e administrativo e sobre tudo o que isto implica.

9 COMMENTS

  1. No mercado Brasileiro meios de pagamento também se entende como, área de cartões, transacional acquirers, cobrança eletrônica, boleto bancário….

Deixe uma resposta